Novas Gerações - 09 pontos sobre o Planejamento Sucessório - Cepecaf

Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar

(16) 3209-7259 | (16) 99975-0502
Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar

Blog

Novas Gerações – 09 pontos sobre o Planejamento Sucessório

  1. O Mundo do Trabalho tem hoje gerações muito diferentes. A maioria das empresas familiares criadas no Século XX possui em sua gestão diversos membros da família de diferentes gerações, que pode desencadear um choque cultural dentro da empresa. Essas gerações estão distribuídas basicamente entre: Fundadores, nascidos antes de 1945 e Baby Boomers, nascidos entre 1946 e 1963; e Sucessores, que fazem parte das gerações X, Y e Z, nascidos entre 1964 até depois de 1991. Saber identificar as diferentes visões de cada geração é fundamental para um bom relacionamento entre os membros da família dentro da organização.
  2. A geração dos fundadores tende a acreditar que os filhos não terão interesse na empresa da família, por se dedicarem a outras áreas e atividades. Porém, os sucessores têm uma visão diferente do mundo e das suas próprias vidas, assim como do modo de trabalho dos fundadores. É importante que ambos concordem com os aspectos de liderança, conceito de trabalho, estudo, tecnologia, relacionamentos afetivos e etc., de forma que a família empresária tenha condições para trabalhar em sociedade, ainda que os filhos se dediquem de forma direta ou indireta na empresa da família.
  3. O crescimento tecnológico encurtará ainda mais os prazos, o que significa uma mudança total na história da humanidade. As capacidades de adaptação e de mudança são muito importantes para que seja possível trabalhar numa sociedade familiar, e elas só serão atingidas se as famílias as entenderem e praticarem.
  4. O mundo tal como percebemos não será mais o mesmo. Desde as formas de comunicação fantásticas nas redes sociais, seja em termos de trabalho como de lazer e interação das pessoas, serão diferentes em alguns anos. Temos muitos exemplos que jamais imaginávamos que poderiam acontecer. Existem diversas empresas que desenvolveram um negócio baseado em aplicativos para transporte privado (que estão associados a valores de vida moderna, massividade, flexibilidade e agilidade), não possuem carros e, através de uma plataforma digital, unem o desejo de quem quer prestar um serviço e a necessidade de quem o requer. Seguindo essa tendência, existe uma empresa com a maior quantidade de lugares para alugar no mundo através de um aplicativo, sem ter a posse de um único imóvel.
  5. A continuidade da empresa familiar está ligada à necessidade de crescimento sustentável dos negócios. Tal crescimento só vai funcionar através de sistemas colaborativos e abertos, com interações, transparência e decisões consensuais e não mais unilaterais. Para que ocorra esta unidade e a continuidade da empresa nas mãos do grupo familiar, é necessário criar regras para que a relação Família x Patrimônio x Negócio dê certo.
  6. Algumas ações são feitas por empresas especializadas juntamente com as Empresas Familiares para que as relações funcionem. Implementação de Acordos Societários, Código de Conduta, Protocolo e Fórum Familiar, Estabelecimento de Canais de Comunicação entre os membros da família e Formação dos membros da família, através de Cursos para Sucessores, são algumas das ações que ajudam nesse processo.
  7. Resultados positivos são adquiridos com implementações individuais ou em conjunto, dependendo da família. Algumas ações são: Estabelecimento de relações societárias sólidas do grupo familiar, definição da entrada e saída de membros da família na empresa, definição dos poderes dos administradores, deveres e obrigações dos sócios com a empresa, controles gerenciais econômicos e financeiros, remunerações e distribuição de resultados, funções dos membros da família que trabalham na empresa, utilização de bens da empresa e preparação para implementação da Sucessão.
  8. O compromisso com a continuidade e crescimento da empresa é necessário. Não apenas através de novos investimentos, mas também preparando de maneira adequada os membros das novas gerações com competência, profissionalismo e espírito societário, o que só ocorrerá através de estruturas de governança que permitem implementar ações. Tais ações terão um impacto importante tanto na continuidade como no crescimento das empresas familiares.
  9. Empresas que não se adaptarem não sobreviverão nas mãos do grupo familiar. Mesmo que continuem produzindo, correm o risco de não ser mais gerida pelo grupo familiar dos fundadores. Para que isso não ocorra, ter um bom planejamento sucessório é fundamental para dar continuidade à empresa.

Gostou do texto? Curta!

O conteúdo foi útil? Compartilhe.

 

Compartilhe esse artigo

SOBRE O CEPECAF

O CEPECAF – Centro de Pesquisa e Capacitação da Empresa Familiar tem como propósito dar visibilidade a um tipo de organização de extrema importância econômica e relevância social em nível mundial: a empresa familiar.

O CEPECAF nasceu na FCAV-UNESP, campus Jaboticabal – SP, sob a coordenação geral da Profa. Dra. Lesley Carina do Lago Attadia Galli, docente e pesquisadora da instituição. Atualmente, o grupo vem ampliando sua abrangência, englobando estudantes e pesquisadores de outras universidades brasileiras e do exterior.

A presença do CEPECAF em uma plataforma digital é uma conquista muito importante na medida em que aproxima ainda mais o grupo da comunidade, por meio da articulação de diferentes mecanismos de comunicação e interação junto ao nosso público-alvo.

Certificado pelo CNPq, o CEPECAF realiza diversas de atividades de ensino, pesquisa e extensão, esperando contribuir de maneira efetiva para o desenvolvimento e sustentabilidade das empresas familiares.

Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar


Endereço

UNESP
Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - FCAV - campus Jaboticabal
Departamento de Economia, Administração e Educação - DEAE

Telefone

(16) 3209-7259

(16) 99975-0502

Email

contato@cepecaf.com.br