Desafios de gerir um negócio no “Novo Normal” - Cepecaf

Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar

(16) 3209-7259 | (16) 99975-0502
Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar

Blog

Desafios de gerir um negócio no “Novo Normal”

Um negócio é composto por pessoas e pessoas são fundamentalmente compostas de emoções.

Será que sou apenas eu, ou a realidade ainda continua estranha, complexa e esquisita?

Essa pandemia veio de forma tão avassaladora, e ainda não sabemos se podemos beijar, abraçar ou tocar o outro?

De repente você encontra alguém e fica assim, o que faço agora? … se está dentro das novas regras de normas…. Esquisito demais essa nova realidade. Por isso o termo “Novo Normal” se adapta bem, pois em breve se tornará normal e será novo, diferente e desafiador.

Partindo desse momento “Novo Normal Esquisito”, e pensando em como as pessoas estão se sentindo, e o impacto disso dentro da gestão de negócio, podemos afirmar que Gerir um negócio é gerir pessoas, gerir pessoas é gerir as suas ações e a reação frente as emoções, expectativas, necessidades e frustrações.

Como equilibrar meu negócio e os seus resultados dentro de uma realidade que trouxe à tona tantas novas emoções???

Sim, é isso mesmo que você está pensando, abordaremos as emoções e como elas impactam nos resultados de uma empresa.

Pergunta…

A partir desse pensamento, se empresas são feitas de pessoas, e elas estão doentes emocionalmente, a empresa torna-se doente também, faz sentido isso para você???

Imagine todas as ações que você tomou para performar e equilibrar seu negócio, e ainda assim não alcançou os resultados esperados?

O problema está na competência dos colaboradores?

O problema são as habilidades?

O problema está no processo?

Não necessariamente o problema está centralizado nas questões acima citadas, e partindo do princípio de que tudo foi feito do jeito que tinha que ser, vamos focar no mundo das emoções humanas, sua conexão e impacto dentro da empresa.

Achar que o modelo de administração de quando você iniciou sua empresa e obteve sucesso, e querer que seus filhos deem andamento no mesmo modelo, não são aplicáveis nos dias de hoje, infelizmente a realidade é bem diferente.

O mundo mudou, a realidade do mercado mudou, as necessidades das pessoas estão em constante mudança… sendo assim, podemos afirmar que não há nada estável e contínuo no mundo, ou seja, o que você fez e deu super certo, provavelmente não conseguira replicar e, se conseguir, não terá o mesmo resultado… isso é uma realidade… é um fato.

Mas Lara, qual a importância da emoção com tudo isso???

Como a emoção impacta nos negócios???

Volto a afirmar, empresa = pessoas = emoções que são compostas de experiências, história e vida, ou seja, pessoas doentes = empresas doentes.

Veja abaixo o que diz recentes pesquisas sobre as emoções dos brasileiros e você entenderá por que estamos abordando este tema em conjunto com negócios.

  • O Brasil possui a maior taxa de depressão da América Latina, nas Américas só perde para os Estados Unidos.
  • O Brasil é o número UM no mundo em transtorno de ansiedade e quando falamos em ansiedade, estamos falando também de: fobia, transtorno obsessivo-compulsivo, estresse pós-traumático e ataque de pânico.

Agora pense comigo, se essa é a realidade do Brasil e essas pessoas estão dentro das empresas, como nós, como empresas, estamos lidando com elas?

Pensando nisso trago para vocês uma pincelada sobre a Cultura do bem-estar.

A cultura do bem-estar está atrelada diretamente ao olhar do homem como um todo e, não apenas em suas competências e habilidades, mas como ele pode agregar a sua organização.

Quando pensamos na cultura de bem-estar na empresa, estamos falando de promover uma cultura de acolhimento, humanização em toda a cadeia de processos e atenção que vão além da administração por resultados.

Você quer motivos para terminar de ler o texto???

Aqui estão eles:

Benefícios diretos da cultura do bem-estar (estudo realizado pela Harvard Business Review):

Agora veja suas perdas se você não entender a importância e começar uma mudança já (estudo realizado pela Harvard Business Review):

Pensando nos prós e contras trouxemos dicas para ajudá-lo nessa transformação.

Alguns pontos importantes da cultura do bem-estar/felicidade:

  • A empresa precisa de valores que sejam reais e construídos em conjunto com toda a empresa;
  • A empresa precisa de princípio de felicidade e bem-estar estabelecidos;
  • A empresa precisa de propósito e caminho de futuro comum e compartilhado com todos;
  • A empresa precisa de ações que promovam uma comunicação aberta, clara e sem retaliação;
  • A empresa precisa de ações que promovam a integração e o bem-estar do ser humano enquanto ambiente de trabalho;
  • A empresa precisa ser um ambiente extensivo para a vida de seu colaborador.

Mas como faço isso:

  • Reinventando na forma de enxergar o ser humano;
  • Construções para olhar através da realidade do outro;
  • Construindo empresas que deixem legado, não só lucro ou perenidade;
  • Criando e participando ativamente da aplicação dos valores da empresa;
  • Esquecer o antigo jargão “faço o que mando e não faça o que eu faço”
  • Compreender e aceitar que todos têm o direito de ser diferentes;
  • Apoiar e respeitar a diversidade em todos os âmbitos da palavra, não apenas em gênero, raça ou religião, mas em pensamento, em forma de viver a vida e de ser quem é.

Precisamos estar conectados não somente nos objetivos da empresa, mas em sua composição; não se esqueça de que EMPRESAS SÃO FEITAS DE PESSOAS, se as pessoas não estiverem saudáveis a empresa também não estará saudável.

Não consegue sozinho, busque ajuda, mas não permita que sua empresa esteja doente, porque você não consegue olhar o ser humano com compaixão e empatia.

 

Gostou do texto? Curta!

O conteúdo foi útil? Compartilhe.

 

 

Compartilhe esse artigo

SOBRE O CEPECAF

O CEPECAF – Centro de Pesquisa e Capacitação da Empresa Familiar tem como propósito dar visibilidade a um tipo de organização de extrema importância econômica e relevância social em nível mundial: a empresa familiar.

O CEPECAF nasceu na FCAV-UNESP, campus Jaboticabal – SP, sob a coordenação geral da Profa. Dra. Lesley Carina do Lago Attadia Galli, docente e pesquisadora da instituição. Atualmente, o grupo vem ampliando sua abrangência, englobando estudantes e pesquisadores de outras universidades brasileiras e do exterior.

A presença do CEPECAF em uma plataforma digital é uma conquista muito importante na medida em que aproxima ainda mais o grupo da comunidade, por meio da articulação de diferentes mecanismos de comunicação e interação junto ao nosso público-alvo.

Certificado pelo CNPq, o CEPECAF realiza diversas de atividades de ensino, pesquisa e extensão, esperando contribuir de maneira efetiva para o desenvolvimento e sustentabilidade das empresas familiares.

Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar


Endereço

UNESP
Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - FCAV - campus Jaboticabal
Departamento de Economia, Administração e Educação - DEAE

Telefone

(16) 3209-7259

(16) 99975-0502

Email

contato@cepecaf.com.br