Para melhora da entrega, analise seus vizinhos - Cepecaf

Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar

(16) 3209-7259 | (16) 99975-0502
Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar

Blog

Para melhora da entrega, analise seus vizinhos

Redução de tempo nos processos produtivos, otimização do lead time de produção, redução de custos, de fato são importantes, mas e o tempo de entrega dos produtos? O que fazer para com que seja sempre otimizado?

A dependência de fatores externos faz o ciclo de reposição aumentar, claro que deve- se trabalhar com empresas que buscam a mesma filosofia umas das outras, atender o cliente de forma responsiva. Empresas diferenciam-se umas das outras por atributos que explanamos indicadores de desempenho, logo a disponibilidade do produto é o maior fator para a empresa de venda, portanto, o ciclo de reposição, no caso distribuidor varejista, deve ser o menor possível.

Sabendo disso, a empresa trabalha com o melhor sistema integrado possível para levar este produto ao varejista, de forma econômica e segura. No momento que o varejista emite o pedido de compra, a empresa possui o material em estoque, pois a mesma trabalha de forma “make to stock”, ou seja, produção empurrada. Isto para atender seu varejista rápido. Entretanto, fatores externos levam ao aumento do tempo ciclo de reposição, como malha asfáltica ruim, e até mesmo espera para troca de nota, no caso para travessia de barreiras interestaduais.

Uma análise tornaria esta operação interestadual um pouco mais eficiente, ou seja, verificar a safra de estado para estado, por exemplo: a safra da soja começou em janeiro e seu pico seria entre março e abril, pois cerca de 44% da produção estimada já foi negociada. Logo, a rota de saída desta soja será no fluxo estados para o litoral, como portos do TGG, TEAG, no Guarujá – SP. Sabendo disso, a empresa que faz está rota deverá dizer ao seu cliente que o tempo de entrega poderá aumentar de 5h ou até mesmo 24h, dependendo da quantidade de caminhões parados nas barreiras. Fazendo assim, que o pedido de compra emitido pela empresa varejista seja otimizado. Pois, os caminhões que estão nas barreiras podem ser de qualquer tamanho e tipo, portanto, obrigatoriamente, deverão ficar parados na fila para fazerem a troca de nota.

Sendo assim, estar alinhado ao mercado de vários segmentos torna a análise de rota, tempo de entrega de pedido, frete e ciclo de reposição mais eficientes e responsivos, pois as entregas no nosso país ainda são, em sua maioria, pelo modal rodoviário.

 

Gostou do texto? Curta!

O conteúdo foi útil? Compartilhe.

 

Compartilhe esse artigo

SOBRE O CEPECAF

O CEPECAF – Centro de Pesquisa e Capacitação da Empresa Familiar tem como propósito dar visibilidade a um tipo de organização de extrema importância econômica e relevância social em nível mundial: a empresa familiar.

O CEPECAF nasceu na FCAV-UNESP, campus Jaboticabal – SP, sob a coordenação geral da Profa. Dra. Lesley Carina do Lago Attadia Galli, docente e pesquisadora da instituição. Atualmente, o grupo vem ampliando sua abrangência, englobando estudantes e pesquisadores de outras universidades brasileiras e do exterior.

A presença do CEPECAF em uma plataforma digital é uma conquista muito importante na medida em que aproxima ainda mais o grupo da comunidade, por meio da articulação de diferentes mecanismos de comunicação e interação junto ao nosso público-alvo.

Certificado pelo CNPq, o CEPECAF realiza diversas de atividades de ensino, pesquisa e extensão, esperando contribuir de maneira efetiva para o desenvolvimento e sustentabilidade das empresas familiares.

Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar


    Endereço

    UNESP
    Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - FCAV - campus Jaboticabal
    Departamento de Economia, Administração e Educação - DEAE

    Telefone

    (16) 3209-7259

    (16) 99975-0502

    Email

    contato@cepecaf.com.br