Reflexões sobre o Ambiente Empresarial Pós-Pandemia - Cepecaf

Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar

(16) 3209-7259 | (16) 99975-0502
Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar

Blog

Reflexões sobre o Ambiente Empresarial Pós-Pandemia

Esta pandemia global da Covid-19 impactou de modo significativo, não só a vida das pessoas, mas, principalmente, das empresas; sendo que as empresas familiares foram e ainda estão sendo fortemente impactadas.

As medidas sanitárias restritivas e o próprio comportamento dos consumidores têm exigido das empresas familiares uma grande capacidade de adaptação, principalmente para conseguirem sobreviver. Entretanto, a principal questão que se apresenta diz respeito ao futuro: como serão os negócios daqui para frente? Vai existir um retorno a situação anterior a pandemia? Que tipo de ações estratégicas e gerenciais precisam ser implementadas? As mídias digitais e de comunicação por vídeo conferência vieram para ficar? E tantas outras questões e dúvidas que emergem no ambiente empresarial.

Pretende-se neste breve artigo, fazer uma reflexão estratégica sobre as abordagens que as empresas familiares precisam considerar para garantir sua sobrevivência neste ambiente instável e com alta volatilidade nas mudanças.

Não existe um caminho único, muito menos uma fórmula mágica, entretanto, percebe-se que a utilização de ferramentas conceituais existentes se constituem como fator preponderante para uma adaptação as novas situações que se apresentam; pode-se elencar: planejamento estratégico, utilização de ferramentas de comunicação em vídeo conferência (Google Meet, Zoom, Teams, etc.), fluxo de caixa, conceitos de marketing, gestão de recursos humanos, gerenciamento da inovação, etc.

Muitas empresas familiares sentem este momento como uma crise, outras enxergam como sendo oportunidades que se abrem; esta dualidade entre crise e oportunidade sempre esteve presente nas sociedades humanas em que as mudanças se constituem em uma certeza que virá, às vezes mais lenta e, em algumas situações, como as atuais, de um modo mais acelerado.

O novo caminho a ser percorrido deve ser pautado com posturas e habilidades dos gestores das empresas familiares, com muita flexibilidade gerencial na busca de oportunidades que precisam ser capturadas; identificação dos riscos potenciais, um pensamento mais estratégico do próprio negócio, descartando modelos que muitas vezes deram certo no passado, pois o futuro pode e deve ser construído em novas relações com os consumidores, novos produtos, novos sistemas de gerenciamento, e utilizar-se, principalmente, das duas vertentes que foram muito importantes durante a pandemia: entregas domiciliares (“delivery”) e as mídias digitais (WhatsApp, Google Meet, Zoom, etc), existe a percepção que os consumidores mudaram de patamar nas suas relações e hábitos de compra, exigindo maior atenção por parte das empresas.

Finalmente, percebe-se que ainda está acontecendo uma ruptura nas relações das empresas com os consumidores, e cabe as empresas conseguirem capturar os novos mecanismos que estão emergindo do mercado; neste sentido ações permanentes precisam ser incorporadas a um novo modelo de negócios, tais como: ações de responsabilidade social, no descarte de resíduos, nas relações de trabalho e, principalmente, nas questões ambientais junto à comunidade; permanente visão dos aspectos ligados diretamente as inovações pertinentes ao negócio, que tem se acelerado significativamente, principalmente com a digitalização da sociedade.

O ser humano deve ser o centro desta nova abordagem, no aspecto interno das empresas familiares, com seus colaboradores e nas novas relações com seus consumidores e clientes; e nunca devemos nos esquecer dos ensinamentos da biologia de Charles Darwin, que muito se aplica neste momento: na seleção natural, sobrevivem aqueles que têm maior capacidade de adaptação, e não serão vitoriosos os mais fortes, os mais antigos, nem os maiores.

 

Gostou do texto? Curta!

O conteúdo foi útil? Compartilhe.

Compartilhe esse artigo

SOBRE O CEPECAF

O CEPECAF – Centro de Pesquisa e Capacitação da Empresa Familiar tem como propósito dar visibilidade a um tipo de organização de extrema importância econômica e relevância social em nível mundial: a empresa familiar.

O CEPECAF nasceu na FCAV-UNESP, campus Jaboticabal – SP, sob a coordenação geral da Profa. Dra. Lesley Carina do Lago Attadia Galli, docente e pesquisadora da instituição. Atualmente, o grupo vem ampliando sua abrangência, englobando estudantes e pesquisadores de outras universidades brasileiras e do exterior.

A presença do CEPECAF em uma plataforma digital é uma conquista muito importante na medida em que aproxima ainda mais o grupo da comunidade, por meio da articulação de diferentes mecanismos de comunicação e interação junto ao nosso público-alvo.

Certificado pelo CNPq, o CEPECAF realiza diversas de atividades de ensino, pesquisa e extensão, esperando contribuir de maneira efetiva para o desenvolvimento e sustentabilidade das empresas familiares.

Cepecaf - Centro de Pesquisa e Capacitação do Agronegócio Familiar


    Endereço

    UNESP
    Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - FCAV - campus Jaboticabal
    Departamento de Economia, Administração e Educação - DEAE

    Telefone

    (16) 3209-7259

    (16) 99975-0502

    Email

    contato@cepecaf.com.br